sexta-feira, janeiro 13, 2006

CORRENTES


CORRENTES DE AÇO TEMPERADO NAS CHAMAS SAGRADAS
CORRENTES DE LIBERDADE QUE ME PRENDEM
CORRENTES QUE AS PORTAS ABREM
CORRENTES QUE MOSTRAM O CAMINHO

CORRENTES EM CÍRCULOS TRANSFORMADAS
CORRENTES QUE ME LIGAM AOS SONHOS TORNADOS VIDA
CORRENTES LEVES QUE ABRAÇO
CORRENTES QUE GUARDAM

CORRENTES DE FOGO QUE MARCAM
CORRENTES FLAMEJANTES QUE ILUMINAM
CORRENTES QUE ME SEGURAM
CORRENTES PRÉMIO DA LIBERDADE QUE TENHO

CORRENTES TORNADAS EM ARMADURA
CORRENTES QUE FLAGELAM O MAL
CORRENTES VITORIOSAS SOBRE A CALÚNIA
CORRENTES DE AMOR

CORRENTES IMPLACÁVEIS
CORRENTES PROTECTORAS DA PUREZA
CORRENTES QUE GUARDAM A PARTILHA
CORRENTES QUE AFASTAM A INVEJA E A RAIVA

CORRENTES QUE GUARDAM O CÁLICE SAGRADO DOS LÁBIOS NEGROS
CORRENTES QUE PRESERVAM PURO O CONHECIMENTO
CORRENTES QUE CONHECEM A DUPLA FACE DO MAL
CORRENTES QUE ME PRENDEM Á VIDA

CORRENTES ETERNAS CONSAGRADAS AO AMOR
IMPLACÁVEIS NA LUTA CONTRA O MAL

CORRENTES QUE CARREGO NA PARTILHA
CORRENTES VIVAS COM VONTADE PRÓPRIA
CORRENTES QUE ME RODEIAM
CORRENTES EM MURALHAS TRANSFORMADAS

CORRENTES QUE PROTEGEM E CONSAGRAM AS ESCOLHAS QUE FAZEMOS
E FUSTIGAM IMPLACÁVEIS QUEM AS DESEJA QUEBRAR

AS CORRENTES AGRADEÇO


8 Comments:

Blogger w.y. said...

I paid a visit to your blog, but I don't understand the language you used. Good luck!

14 janeiro, 2006 13:49  
Blogger w.y. said...

May we exchange our links on each other's blog? If don't mind, just drop by my blog and leave one message to me.Tnx

14 janeiro, 2006 13:55  
Anonymous folhas said...

pois, a educação do Aparelho Ideológico do Estado é uma industria como qualquer outra...professor Mac

Correntes...de aço?! Aço temperado em chamas sagradas?! Como podem tais correntes ser de liberdade, quando o aço é o produto da escravatura, da submissão ao cárcere de ferro-aço?! Tais correntes apenas podem prender...e por entre as portas do cárcere apenas correntes de ar putrefacto podem passar. Correntes de aço temperado em chamas sagradas perdem-se nos abismos inertes onde o unico caminho é descendente e obscuro.

Correntes de aço transformam-se em círculos de aço...Correntes de aço, pesadas, ligadas a leves sonhos? Que vida terão esses sonhos, presos por correntes de aço temperado em chamas sagradas...?
Quem ama as correntes de aço? Quem as abraça? Quem as julga leves? Quem por elas se julga protegido?

Correntes de fogo com água se extinguem...mas podem marcar dolorosamente. Correntes flamejantes apenas a masmorra ou a caverna iluminam, de nada servem na luz diurna. Correntes que seguram, que detêm a liberdade de movimentos...como podem premiar a liberdade?

Correntes de aço temperado em chamas sagradas, tornadas em armadura? Ah sim! isso existe! Mas...como podem tais malditas armaduras deter o mal? Como podem caluniosas correntes de aço temperado em chamas sagradas enfrentar a própria calúnia que as constitui a elas próprias? Como podem existir correntes de amor se o amor não pode ser acorrentado? Será que esse amor também é de aço temperado em chamas sagradas? Será o amor um pedaço de ferro?

Correntes podem ser brutais, mas nunca serão eternas.Correntes de aço temperado em chamas sagradas vejo-as em todo o lado, mas a pureza não protegem certamente! Correntes de aço temperado em chamas sagradas nada têm a partilhar, mas a usurpar, invejosas e raivosas.

Correntes e cálice, ambos de aço temperado por escravos, em chamas sagradas. Qual máscara de ferro, correntes e cálice, nos lábios incrustrados, forçam a entrada de infecto sangue dos mortos-vivos, no corpo dos escravos. Correntes de aço temperado em chamas sagradas, impuras, culpadas, malditas...que conhecimento tentam preservar? Correntes duplamente malditas, nada prendem à vida, apenas à morte-viva.

Correntes de aço temperado em chamas sagradas, pelo tempo, esse sim eterno, corroídas e putrefactas, implacáveis contra o amor, eternamente consagradas ao mal

Correntes pesadas, carregadas por loucos, correntes assassinas com vontade própria, correntes que cercam, no cárcere transformadas

CORRENTES QUE DEFENDEM E CONSAGRAM AS ESCOLHAS, E FUSTIGAM, PUTREFACTAS, QUEM PROCURA A LIBERDADE

AS CORRENTES AMALDIÇOO

14 janeiro, 2006 15:44  
Blogger dreams said...

Como diz Miguel Torga:
"Livre não sou
que nem a própria vida mo consente.
Mas a minha aguerrida teimosia
é quebrar dia a dia
um grilhão da corrente."
Gostei muito do que li e vi neste cantinho.
beijo *

14 janeiro, 2006 15:52  
Blogger MacLord said...

Caro Folhas

A vontade e os desejos são actos transcendentes que tornam verdades aquilo que se desejam
De facto as correntes á primeira vista numa análise Materialista podem prefigurar essa análise, mas como tudo o que existe tem dois lados e os opostos estão destinados a complementarem-se num Equilibrio Supremo, o outro lado tamb´em existe.
Para se dominar as "correntes" é necessário conhece-las, e ao conhece-las so se pode amá-las, pois que elas justificam o seu contrário que nelas também habitam. O binário justifica-se pelo Ternário que nele se Explica e se torna no Uno.
A contradição é pois eramente aparente, seja do ponto de vista filosófico ou mesmo do ponto de vista filosofico-cabalista, e é disso que se trata muitas vezes aqui, e em especial neste post "Correntes", que ultrapassa em muito visões politica-ideológicas sejam elas quais forem, uma vez que as mesmas são na maioria dos casos visões redutoras de um contexto mais lato que não se prende unicamente com aspectos socio-materialistas.
Gosto de Correntes porque as conheço e em parte as aceito e por isso as domino e não sou dominado por elas.
por isso reafirmo : As Correntes Agradeço.
É nas Correntes que a Liberdade Nasce e não no seu oposto.
Amo e por isso agradeço as correntes que me prendem a esse amor, tão simples como isso.

As Correntes Amo!

Um abraço

14 janeiro, 2006 16:20  
Blogger :)PoIpOi said...

hi! nice site! :) but I don't understand the language. wat language is dat?

15 janeiro, 2006 08:17  
Blogger Zilko said...

Hello there... :)

Have a nice day!!

________
www.zilko.co.nr

15 janeiro, 2006 14:42  
Blogger Titania said...

Correntes ou Laços
Ferro ou Luz
Aceitação e Entrega

Correntes ou Laços
Atam e Libertam
Marcam e Protegem

Correntes ou Laços
Prendem e reforçam
A Confiança e o Amor :)))))))

17 janeiro, 2006 13:59  

Postar um comentário

<< Home


Blessed Be



referer referrer referers referrers http_referer