quinta-feira, abril 27, 2006

AGUARDO

AGUARDO O MOMENTO
AGUARDO A CHEGADA
AGUARDO O SONHO
AGUARDO O SINAL

NA CERTEZA QUE TENHO AGUARDO O QUE VAI CHEGAR
NO CAMINHO QUE PERCORRO AGUARDO OS PASSOS
NA LUZ QUE ILUMINA O CAMINHO AGUARDO A VISÃO
NO NOITE QUE NASCE AGUARDO O CARINHO DA DEUSA

AGUARDO O FUTURO
AGUARDO O PRESENTE QUE SORRI
AGUARDO O GESTO QUE IREI DAR
AGUARDO A VOZ QUE ME IRÁ CONDUZIR

EM CADA RAIO DE SOL
EM CADA NOITE PRATEADA PELA LUA
EM CADA DIA QUE AMANHECE
EM CADA SONHO QUE A VONTADE TECE
EM CADA AMANHECER QUE CRESCE

AGUARDO NA CERTEZA DE QUE JÁ CHEGOU
AGUARDO O CONHECIMENTO QUE ME PERMITE ENTENDER
AGUARDO O ROSTO QUE SE VAI FORMAR
AGUARDO E OIÇO O QUE ME TEM A DIZER

EM CADA ESQUINA DOBRADA PROCURO E ENCONTRO
EM CADA IMAGEM QUE VEJO ENCONTRO A VONTADE
EM CADA SONHO QUE RECORDO CONSTRUO A REALIDADE
EM CADA VOZ QUE OIÇO SACIO A SEDE DE SER

NAS CORES QUE VEJO ENCONTRO A CERTEZA QUE ACENDE A VELA SAGRADA QUE ILUMINA O CAMINHO QUE PERCORRO
CAIO, TROPEÇO, GRITO E DÓI
MAS... SABE TÃO BEM

QUEM DISSE QUE CRESCER NÃO DOI?!

12 Comments:

Blogger neith said...

E numa tela de poema teces os versos em crescentes e em minguantes que nos mostram as diferentes fases da vida...belíssimo! Um beijo enorme :)

27 abril, 2006 16:18  
Blogger MacLord said...

NEITH

E nas frases que surgem encontro os vossos sorrisos e os vossos olhos que iluminam a vida em cada passo dado e que um dia cruzaram os passos que dou, tornando-os mais sólidos.

Que A Deusa e o Deus que habitam no Teu Altar interior Continuem a fazer Com que Brilhes!

Um Beijo também para Ti.

P.S. So hoje coloquei o link com a tua nova url aqui neste cantinho, sorry pelo atraso.

BB
)O(

27 abril, 2006 17:07  
Blogger MariKato said...

Nao espere toda a vida, porque tem coisas que não voltam Lord...

Lindo post, como sempre, poeta!!!

Beijos!!

27 abril, 2006 19:02  
Blogger luna said...

Doi quando caimos
Doi quando apenas tropeçamos
Doi quando nos perdemos

Mas como é bom quando nos levantamos
Como é bom quando recuperamos o equilibrio
Como é bom quando reencontramos o nosso caminho

Melhor ainda é saber que além da dor conseguimos aprender alguma coisa com esses impasses e seguir em frente!

B

28 abril, 2006 11:12  
Blogger Ana P. said...

Dói, mas é com essa dor que se aprende...

Que valor daríamos á vida se não houvesse tropeções?

Beijinho

28 abril, 2006 11:15  
Blogger Dad said...

Gostei do comentário que me deixaste.
Gostei do teu blog e do poema.
Gostei de tudo;
Obrigada. Lodo que tenha um tempinho vou linkar-te.
Beijinhos,

28 abril, 2006 12:19  
Blogger Vera Fróes said...

Devemos esperar por certas coisas desde que nós diariamente fizermos a nossa parte. Só esperar sem agir não dá o resultado esperado.

Boa sexta.
Bjos.

28 abril, 2006 12:57  
Blogger MacLord said...

MARIKATO

Mesmo quando alcançamos objctivos, continuamos a aguardar que sejam alcançados Outros Mais.
Lançamos Sementes, Cultivamos a Terra, Regamos os Sonhos Plantados e Aguardamos que eles Floresçam em Vida.

BB
)O(


LUNA

Nas quedas e trambulhões que damos lançamos as Sementes do Conhecimento que ao Florescerem Iluminam os Caminhos que percorremos.
Por Isso as Quedas São Fundamentais

BB
)O(


LALISCA

E Porque tropeçamos, caímos e nos Levantamos, prosseguimos em frente em direcção á Linha do Horizonte.

BB
)O(


DAD

Obrigado pelas palavras que deixaste. E também pelo link que referes.
Volta Sempre!

BB
)O(


VERA FRÓES

As esperas são fruto dos actos e gestos que num qualquer momento fe fizeram. Tal como acontece com as Flores: São lançadas á terra, regadas adubadas com amor e carinho e aguarda-se o seu florescimento.

BB
)O(

28 abril, 2006 13:19  
Blogger Titania said...

À espera de Sonhar enquanto se dorme
De Brincar enquanto se vive
De Sorrir enquanto se ama!

À espera da manhã fresca ao acordar, com um beijo e um doce...

Esperas que nos iluminam e acalentam, enquanto a esperança dói...

28 abril, 2006 13:36  
Blogger MacLord said...

TITANIA

Esperas Sempre Eternas
Sempre Presentes

Esperas sobre as quais a Vida se Constói e a Vida Floresce nos Sonhos Mágicos que Todos os Dias Abraçam a luz do Sol ainda com os olhos Repletos da luz da Lua.

BB
)O(

28 abril, 2006 14:17  
Blogger HatA/mãe said...

- neste dia que pareceu Verão
- na vela que deixei arder
- juro que não foi alucinação
- vi uma estrela aparecer
...
- e agora à noite ao vir ler-te...
tenho um raio de sol na mão !

Muitos beijos para voces e bom fim de semana

29 abril, 2006 01:36  
Blogger HatA/mãe said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

29 abril, 2006 01:36  

Postar um comentário

<< Home


Blessed Be



referer referrer referers referrers http_referer